OUÇA A RADIO
Grávida, mulher que cantava sentada em show é morta a tiros por fã
15/04/2018 16:29 em Notícias

Um homem foi preso, após balear e matar uma cantora grávida durante um show. Samina Sindhu, de 28 anos, se apresentava na festa de um milionário local e teria se recusado a levantar para cantar devido ao peso da barriga, tendo em vista a gravidez de 8 meses. O criminoso, então, disparou.

A polícia da província de Sind informou, segundo a BBC, que o homem detido é o responsável pelo assassinato, ocorrido na noite de terça-feira (10/4). Apesar da prisão, os motivos do crime ainda são desconhecidos.

O mardio de Samina, Ashiq Sammoo, informou às autoridades que, durante a performance da esposa, um homem apontou uma arma para ela e ordenou, “de forma ameaçadora”, que ela se levantasse para cantar. Ao dizer que não podia fazer isso devido à gestação, Samina foi morta.

Shama Junejo, ativista dos direitos humanos, lamentou a morte da artista nas redes sociais e revelou que ela precisou continuar com a carreira mesmo à espera de um filho porque o trabalho era sua única fonte de renda. Muitos músicos também se indignaram com o assassinato.

 O  crime acontece na província de Sind, no Paquistão, após

 

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!